Projeto Terra: conectando sistemas alimentares e comunidades locais - CIDSE

Projeto aTerra: conectando sistemas e comunidades locais de alimentos

Margarida Alvim é a coordenadora do aTerra projecto em Portugal, e parte da Fundação, Fé e Cooperação (FEC). Nesta entrevista, ela compartilha a história deste projeto e como ele nasceu com o objetivo de conectar os produtores locais de alimentos com escolas e legisladores locais, tanto como forma de aumentar a produção e consumo sustentável de alimentos, como para incluir e revigorar o rural português áreas do centro e do norte, que são frequentemente excluídas.

 

Apesar de ser a forma mais difundida de agricultura em todo o mundo, a agricultura familiar em pequena escala está ameaçada pela extensão da agricultura industrial em larga escala. A globalização da produção de alimentos gerou um sistema no qual algumas empresas controlam o fornecimento de sementes, processamento e distribuição, entre outras. No entanto, ao longo dos anos, muitos observaram que estamos experimentando os limites socioeconômicos e ecológicos desse modelo.

aTerra nasceu com o objetivo de envolver as comunidades locais com os agricultores locais e criar os vínculos necessários entre os agricultores e as autoridades locais. Dessa forma, o projeto visa gerar desenvolvimento resiliente, local e sustentável, por meio da produção e consumo sustentáveis ​​de alimentos.

aTerra foi criado em fevereiro 2014 e combina treinamentos locais de capacitação e integração de pequenos agricultores, conscientização e envolvimento dos jovens por meio da educação para o desenvolvimento nas escolas locais, e permitindo a conexão entre os agricultores locais e as autoridades locais para criar e reabilitar revigorar as redes locais.

Tendo o desenvolvimento rural como foco, o projeto visa vincular políticas de desenvolvimento sustentável à realidade das pessoas no terreno, levando em consideração a especificidade das áreas rurais e articulando-as com movimentos e lutas globais em torno da transição para uma mudança mais sustentável e ecologicamente consciente. modos de viver.

O aTerra A experiência é um testemunho vívido de como recuperar a propriedade sobre a produção de alimentos por cidadãos e pequenos agricultores é uma maneira poderosa de reconectar as pessoas com os alimentos que eles comem e as pessoas que os produzem, estabelecendo um forte senso de comunidade e solidariedade, enquanto cuidam ativamente para o meio ambiente.

Encontre mais informações aqui: http://www.projetoaterra.org/

Assista ao documentário do projeto aTerra SUA PARTICIPAÇÃO FAZ A DIFERENÇA

Abaixo, a entrevista com Margarida Alvim:

 

 

Compartilhe esse conteúdo nas mídias sociais