Laudato Si 'para uma recuperação justa - CIDSE

Laudato Si 'para uma recuperação justa

Terceiro dia de reflexão de Laudato Si

Cinco anos após a publicação da Carta Encíclica do Papa Francisco sobre “cuidar do nosso lar comum”, representantes das Conferências Episcopais da Europa, bem como organizações e movimentos católicos, realizaram em Bruxelas o Terceiro dia europeu da reflexão de Laudato Si na quinta-feira, 28 de maio de 2020. A economista líder Mariana Mazzucato, a Secretária do Dicastério para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral do Vaticano Monsenhor Bruno-Marie Duffé e os membros do Parlamento Europeu, Patrizia Toia (S&D) e Lukas Mandl (PPE) participaram uma discussão convincente e oportuna.

Devido às restrições atuais, a reunião tomou a forma de um webinar com mais de 400 participantes de diferentes países que participaram ativamente do intercâmbio. O webinar também fez parte do amplo “Semana Laudato Si '”Celebrações para marcar o quinto aniversário de Laudato Si '.

Nestes tempos excepcionais, e na sequência do anúncio pela Comissão Europeia de uma proposta sobre o plano de recuperação pós-pandemia COVID-19, o webinar provocou um intercâmbio sobre a necessidade urgente de abordar a atual crise de saúde e construir planos para um recuperação justa e sustentável refletindo sobre as questões: conseguirá a Europa implementar as mudanças necessárias no seu sistema econômico? Podemos nos recuperar na Europa sem prejudicar o resto do planeta? Como podemos curar todos juntos, sem deixar ninguém para trás? 

Entre os muitos pontos inspiradores levantados pelos palestrantes estava a questão de  investimentos públicos. Mazzucato disse: “Os tempos de crise precisam não apenas de investimento público, mas de uma direção para esse investimento. E essa direção hoje deve ser inclusiva e sustentável ”. Ela também destacou a questão da participação, e de reunir todos os principais atores ex-ante para discutir a recuperação, dizendo: “Precisaremos de todas as vozes na mesa: sindicatos, jovens - para planejar a missão para uma transição justa”. 

Monsenhor Duffé também se referiu ao ponto-chave das relações comuns e individuais responsabilidade para enfrentar a crise: “Lendo novamente Laudato Si ', percebemos que todos têm uma parte da responsabilidade. Em vez disso, muitos atores estão negando ”- Dom Duffe 'também disse:“ Experimentamos nossa vulnerabilidade, física, mas também econômica e de nossas políticas públicas. [...] Temos que pensar no mundo depois da pandemia: o que poderia ser esse mundo? ”

Tanto Lukas Mandl como Patrizia Toia, vindos de diferentes grupos políticos, enfatizaram em suas considerações finais a importância de continuar apoiando a solidariedade da UE e os esforços de longo prazo - como o Acordo Verde Europeu -, mesmo e especialmente em tempos de crise, enfatizando sua correlação não. apenas para o meio ambiente, mas também para questões sociais.  

Através deste webinar novamente, as mensagens de Laudato Si mostraram-se extremamente relevantes neste momento de crise e capazes de orientar o debate político em direção a um aumento da justiça ambiental e social.

Organizadores do evento:  Aliança Europeia Laudato Si (ELSiA) é um grupo de organizações católicas que se unem na Europa para promover a justiça climática e social, muito inspiradas na Carta Encíclica Laudato Si 'do Papa Francisco. Esta aliança reúne: COMECE - Comissão das Conferências Episcopais da UE; JESC - Centro Social Europeu Jesuíta; CIDSE - Família Internacional de Organizações Católicas de Justiça Social; GCCM - Movimento Católico Global pelo Clima; Justiça e Paz na Europa; e CCEE - Conselho das Conferências Episcopais da Europa (membro observador).

Assista ao webinar plítica de privacidade

Contribuição em Power Point Mariana Mazzucato disponível Aqui.

Mensagem de vídeo de
Monsenhor Bruno-Marie Duffé disponível plítica de privacidade .

Discurso da deputada Patrizia Toia disponível plítica de privacidade .

Contatos com a imprensa:


Foto de Anton Atanasov / Pexels

Compartilhe esse conteúdo nas mídias sociais